globo reporter dor nas costas coluna hernia de discoVerdades e mentiras sobre dor lombar exibido no Globo Repórter (01/02/2013): Parte II

Vimos no programa exibido dia 01/02/2013 que é muito comum que médicos indiquem os pacientes com problemas de coluna para RPG (reeducação postural global) ou Pilates. Nada contra estas duas técnicas, pelo contrário, tenho colegas que atuam nestas áreas e são ótimos profissionais. No entanto, são técnicas sem evidência científica para tratamento de pacientes com dores nas costas. A RPG não trata problemas mecânicos da coluna, portanto, é ineficaz para descomprimir ou remodelar estruturas causadoras de lombociatalgias ou cervicobraquialgias. O Pilates, apesar de trabalhar com movimentos repetidos, não foi desenvolvido para tratamentos de dores de coluna e consiste de uma musculação feita com molas em combinação com o controle respiratório. Além disso, a literatura científica é extremamente escassa quando se trata destas técnicas.

Muitos devem estar pensando: “mas eu já vi casos de pacientes que melhoraram com essas técnicas depois de um tempo”. Bom, é importante vocês saberem que existe a História Natural da Doença. A história natural da dor nas costas é favorável. Já é comprovado que essa condição tende a melhorar consideravelmente após 6 semanas, mesmo que pessoa não realize nenhum tipo de tratamento [1]. Portanto, uma intervenção eficaz é aquela que reverte o quadro rapidamente (dias ou poucas semanas) e que, principalmente, evita recorrências.
No segundo bloco do Globo Repórter foram mostrados dois casos de pacientes com hérnia de disco, o Ricardo e a Elisabete  A Elisabete sente dor há 6 anos, tem dificuldade para agachar, para ajudar nas atividades de casa e diz que o problema começou sem razão. O Ricardo tem dor irradiada para perna, com perda de sensibilidade, já fez uma cirurgia, mas continua com dor. Você se identificou com estes pacientes? Esses sintomas são muito comuns e esses relatos sempre se repetem. O programa deu muito enfoque ao caso cirúrgico destes pacientes. Agora, por quê não mostrar o resultado de um tratamento conservador? Enfim, ambos fizeram a cirurgia minimamente invasiva e surpresa: os dois voltaram a sentir dor um mês depois!
O programa apresentou alguns conselhos positivos, como a manutenção da postura correta em atividades do trabalho e de casa. Certamente, a má postura é a principal causa de dores de coluna e não adianta nada realizar exercícios sem cuidar da postura. Este programa atingiu milhões de pessoas apresentando informações pouco atualizadas e com pobre fundamentação científica. Espero que este post atinja alguns milhares e que estes compartilhem para outros, a fim de espalhar as verdades sobre os problemas de coluna.